Notícias

  • O governo federal vai repassar R$ 5 milhões em regime de emergência para o estado da Paraíba. Os recursos devem ser liberados pelo Ministério da Integração Nacional até o início da próxima semana. O volume financeiro servirá para ações de socorro e assistência, bem como locação de máquina, atendimento à população e assistência humanitária, além de busca e salvamento por causa das enchentes, enxurradas e inundações provocadas pelas intensas chuvas no estado.

    Imagem de Destaque do post
  • O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) prestou solidariedade às cidades atingidas pelas chuvas na Paraíba. Ele entrou em contato por telefone com os prefeitos e pescadores das cidades de Araçagi, Caaporã, Cabedelo, Mamanguape e Rio Tinto, que estão entre as 26 que decretaram estado de emergência.

    Segundo as informações divulgadas pela imprensa, cerca de quatro mil pessoas estão desabrigadas no Estado. Apenas na Capital são cerca de 520 desabrigados, em Bayeux uma média de 300, e, em Rio Tinto cerca de 500 pessoas estão desalojadas.

    Imagem de Destaque do post
  • NOTA DE SOLIDARIEDADE:

    O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) vem a público manifestar sua solidariedade aos profissionais da imprensa paraibana que vêm sofrendo constantes processos, intimidações, retaliações e ameaças de toda ordem promovidas pelo Governo do Estado.

    “Em um Estado Democrático de Direito é lamentável qualquer tipo de coação promovida pelo aparato estatal para tentar calar jornalistas pelo simples fato de denunciarem irregularidades ou manifestarem sua opinião a respeito das ações do Governo”, disse.

    Imagem de Destaque do post
  • “Existem várias denúncias sobre este grupo da Cruz vermelha que está gerenciando o Hospital de Emergência e Trauma. Inclusive, algumas delas são gravíssimas”. É o que afirmou o deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) após a reunião de ontem com o chefe de gabinete do Ministério da Saúde, Mozart Sales, juntamente com o deputado Luciano Cartaxo e o presidente do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT/PB), Rodrigo Soares.

    Imagem de Destaque do post
  • A importância da preservação do Bioma Caatinga e o Semi-Árido, estes foram os temas da sessão especial presidida pelo deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) hoje de manhã na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). A sessão, requerida pelo mesmo, teve como convidados o deputado estadual do Ceará Dedé Teixeira (PT/CE), e o diretor-presidente da revista Nordeste Vinteum, Francisco Bezerra. Segundo o deputado do Ceará, 45% do ‘Bioma Caatinga’ do Nordeste brasileiro está totalmente devastado.

    Imagem de Destaque do post
  • Quatro emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), dois Projetos de Lei e seis requerimentos, sendo dois de sessão especial, do deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) foram aprovados pela Assembleia Legislativa ontem.

    Imagem de Destaque do post
  • Mais recursos para os setores da pesca, agricultura familiar e para o semiárido. Estas foram as reivindicações do deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) durante a audiência pública realizada hoje em Campina Grande pela Subcomissão Permanente de Desenvolvimento do Nordeste no Senado Federal.

    Imagem de Destaque do post
  • O Plano Brasil sem Miséria, lançado nesta quinta-feira (2) pela presidenta Dilma Rousseff, terá investimentos federais de cerca de R$ 20 bilhões por ano até 2014, informou a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, em entrevista coletiva após o lançamento do plano. Esses recursos incluem o orçamento do programa Bolsa Família.
    Imagem de Destaque do post
  • Discutir o desenvolvimento sustentável da pesca e aqüicultura e ouvir o setor pesqueiro do estado. Estes são os motivos que estão trazendo a Ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti, à Paraíba na próxima terça e quarta-feira. De acordo com o superintendente regional da Pesca e Aquicultura, Gonzaga Junior, a visita da ministra é de grande importância para o setor. “A ministra mostra seu empenho em sua gestão, ouvindo governos e a sociedade civil em cada estado, e buscando parcerias para o desencadeamento deste setor produtivo em potencial”, disse.

    Imagem de Destaque do post
  • Desde ontem foi liberada a pesca da lagosta na Paraíba, após término do período de seis meses do defeso, em que a atividade não é permitida. De acordo com o superintendente regional da Pesca e Aquicultura na Paraíba, Luiz Gonzaga Júnior, há 240 embarcações de pesca de lagosta licenciadas no Estado, envolvendo mais de dois mil pescadores, e o estado é o quarto no ranking nordestino. No País, o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) estima haver mais de três mil barcos.

    Imagem de Destaque do post