Notícias

  • Os vetos de Ricardo Coutinho aos Projetos de Lei do deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) foram apresentados fora do prazo. O primeiro Projeto é o de meia passagem para professores nos transportes intermunicipais, e, o segundo de isenção de IPVA para pescadores que possuem motocicletas de até 200 cilindradas como instrumento de trabalho. Ambos já haviam sido aprovados pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), foram vetados pelo governador, mas agora podem ser promulgados.

    Imagem de Destaque do post
  • “Vamos derrubar esse veto do duodécimo”. É o que afirmou o deputado estadual Anísio Maia (PT/PB). Ele contou que a estratégia do governo é repassar a verba da forma que lhe for mais conveniente, mas os deputados não vão concordar com isto. “Não vamos baixar a cabeça para o Governo e aceitar essa medida. O Governo está regulamentando tudo de um jeito que ele possa fazer o repasse para os poderes da forma que bem entender”, contou.

  • O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) afirmou que o Governo está atrapalhando o desenvolvimento da Paraíba e protegendo apenas um ‘grupo de amigos’. “O Governo tem que sair da briga na permuta dos terrenos para a construção do Shopping em Mangabeira. Precisa deixar os empresários investir. Se isso acontecer, não teremos apenas um, mas três novos shoppings em João Pessoa. O Governo está atrapalhando o desenvolvimento da Paraíba em benefício apenas de um empresário”, disse.

  •             O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) quer Projeto para descontar ausências injustificadas no salário dos deputados. “Os deputados têm que prestar conta de suas ausências. O deputado é uma espécie de funcionário público. É preciso ter o ônus também. Só recebe integral quem trabalhar integral, ou, quem tiver uma justificativa plausível”, afirmou.

    Imagem de Destaque do post
  • O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) afirmou, durante a Audiência Pública sobre a permuta dos terrenos na Acadepol, que o Estado virou uma imobiliária. No entanto, não está agindo em prol do desenvolvimento da Paraíba. “O Estado vende um terreno por R$ 3 milhões, e agora quer comprar por R$ 10 milhões. Já o terreno que vale R$ 70 milhões, quer vender por RS 23 milhões. Essa imobiliária é muito ruim para a Paraíba”, disse.

    Imagem de Destaque do post
  • O deputado estadual Anísio Maia (PT/PB) está determinado a criar uma unidade no Partido dos Trabalhadores da Paraíba. Em entrevista à imprensa, ele revelou que a divisão não interessa ao partido. “Quando fui eleito, disse que a guerra no PT ia acabar. E eu vou construir essa unidade. Vou chamar Luís Couto, Antônio Barbosa e vários outros membros do partido para sentar e conversar. Vou promover esta reunião porque estou representando a vontade dos militantes, sou apenas um porta voz. Tem gente querendo usar o PT, querendo que o PT fique dividido e pequeno.

    Imagem de Destaque do post
  • A Secretaria da Juventude do Partido dos Trabalhadores da Paraíba realizará a Plenária Estadual nestge sábado, dia 23. O evento começa às 9h e prosseguirá até as 16h no Sindicato dos Eletricitários da Paraíba (SINDELETRIC). Entre os temas discutidos na plenária estão a Reforma Estatutária do PT, A as etapas estaduais e nacional da Conferência de Políticas Públicas de Juventude e o II Congresso da JPT (etapa estadual - no período de 14 a 16 de outubro - e etapa nacional – no mês de novembro em Brasília, Distrito Federal).

    Imagem de Destaque do post
  •  “Vamos utilizar todos os meios legais para impedir que o Trauma seja terceirizado”. É o que afirmou o deputado estadual Anísio Maia (PT/PB), durante um debate sobre a Cruz Vermelha no Hospital de Emergência e Trauma com o deputado Hervázio Bezerra (PSDB) no programa Rede Verdade hoje à tarde.

  • A Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Paraíba recebeu com surpresa o veto do Governador do Estado a emenda aprovada pela Assembleia Legislativa, que modificou o Artigo 34 do projeto de Lei referente a LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2012, que reconduzia os critérios de participação dos Poderes no orçamento do Estado, construído consensualmente entre os Poderes desde 2007.

    Imagem de Destaque do post
  • Segundo levantamento feito pelo Fórum de Entidades LGBT da Paraíba, aponta que o número de crimes motivados por homofobia nos primeiros meses de 2011 igualou o número de crimes semelhantes cometidos durante todo o ano passado. Os números foram apresentados durante uma coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (20/07), na Sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

    Número de crimes do primeiro semestre igualam registros de 2010

    Imagem de Destaque do post