O deputado estadual Anísio Maia (PT) leu na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, na manhã desta quarta-feira (12), a carta do presidente Lula anunciando a substituição de seu nome por Fernando Haddad na disputa à presidência da República.

“Lula é maior que seu próprio nome, porque, representa uma ideia e um projeto. Projeto no qual o povo se vê representado. E cada um e cada uma dos milhões de Lulas pelo país são também sua voz. Como Lula falou em sua carta, a partir de hoje, Haddad é Lula para milhões de brasileiros”, disse Anísio.

O parlamentar também analisou o cenário de inserção de Fernando Haddad na campanha a partir das últimas pesquisas, destacando que o candidato Bolsonaro (PSL) cresceu poucos pontos após ter sido vítima de um ataque, Geraldo Alckmin (PSDB) estagnou e Marina Silva (Rede) caiu. Ciro Gomes (PDT) cresceu três pontos. Já no caso de Fernando Haddad, o petista lembrou que as intenções de votos em seu nome mais que dobraram, mesmo antes de seu nome ser lançado. Hoje, ele está tecnicamente empatado com Ciro, Marina e Alckmin, mas, em curva ascendente.

“Estamos em meio a um golpe. Não confiamos nas grandes empresas de comunicação, em especial a rede Globo, tampouco nos setores do aparato estatal que se transformaram em partido político. A luta contra o golpe e a extrema direita não termina nas eleições. Mas, agora, o candidato de Lula tem nome e número. Assim como Lula fez a transposição do rio São Francisco, fará agora uma ainda mais fácil, a transposição de votos para Haddad. Lula é Haddad e Haddad é Lula”, concluiu.