TEMER ENTRA NA LINHA DE TIRO COM FOCO EM SEU LARANJA: O CORONEL LIMA

Imagem de Destaque do post
  • Reduzir Fonte
  • Aumentar Fonte
  • Imprimir

Amigo há décadas de Michel Temer e apontado como laranja de seu negócios, o coronel aposentado João Baptista Lima Filho é o alvo da revista Veja deste fim de semana, que o descreve como a "sombra" de Temer; revista destaca a decisão do ministro do STF Luis Roberto Barroso, que quebrou os sigilos de Temer, do coronel Lima, além do empresário José Yunes e do homem da mala Rodrigo Rocha Loures, no inquérito que investiga pagamento de propina na MP dos Portos; para o jornalista Luis Costa Pinto, o coronel Lima seria uma espécie de PC Farias de Temer

247 - A revista Veja colocou Michel Temer na linha de tiro. A edição da revista que chega às bancas neste fim de semana traz reportagem sobre as relações sombrias entre Temer e o seu amigo e apontado como laranja, o coronel João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima. 

A reportagem principal da Veja destaca a determinação do ministro do STF Luis Roberto Barroso, que quebrou o sigilo fiscal e bancário de Michel Temer, do Coronel Lima, além do empresário José Yunes e do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, no âmbito do inquérito que investiga suposto pagamento de propina na MP dos portos.

A empresa Argeplan, do Coronel Lima, é a proprietária oficial da Fazenda Esmeralda, entre Lucianópolis e Duartina-SP, que foi citada nas delações de Ricardo Saud e Joesley Batista, no inquérito da MP dos Portos. Saud e Joesley relataram conversas com o Deputado Paulinho da Força (SD), onde este afirma que a Fazenda Esmeralda é de propriedade do presidente Michel Temer.

Para o jornalista Luis Costa Pinto, Coronel Lima é o PC Farias de Temer. "O coronel Lima seria PC? O sigilo está quebrado e sobre o que chegará aos investigadores não cabe controle dos investigados. O BC passa direto, sem necessidade de requerimentos filtrados pelas defesas. Haverá madames com contas pagas, no caso?", questiona o jornalista (leia mais).

Brasil 247

Comentar