Anísio quer que bancada da PB ocupe Secretaria de Portos em Brasília

Imagem de Destaque do post
  • Reduzir Fonte
  • Aumentar Fonte
  • Imprimir

“Devemos ocupar a Secretaria de Portos, em Brasília, e só sair de lá depois que resolvermos este impasse para a Paraíba”. Esta foi a declaração do deputado Anísio Maia (PT/PB) durante a sessão especial para discutir os problemas do Porto de Cabedelo hoje na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).


O petista afirmou que é necessário criar uma comissão que represente o Estado. “Precisamos formar uma grande delegação, com o governador, representantes da Assembleia, do Senado Federal e do Comitê em Defesa do Porto de Cabedelo. Vamos levar esta delegação à Secretaria de Portos, para que todos juntos cheguem a uma conclusão, do ponto de vista técnico, de como resolver o problema do nosso Porto. Só devemos sair de lá depois de resolvermos isto”, disse.


O deputado revelou também que até o momento não ouviu uma definição concreta no que diz respeito à conclusão da dragagem do Porto. “Eu não ouvi até hoje uma versão que se encaixe sobre a dragagem. Como é que uma licitação foi feita sem saber quanto seria dragado? Isso não pode ser medido de qualquer jeito. É a mesma coisa que fazer uma licitação para construção de uma estrada sem determinar quantos quilômetros esta terá”, contou.


Anísio Maia voltou a dizer ainda que o grande problema da Paraíba é a desunião dos políticos em favor do estado. “O nosso estado não tem prioridade porque não tem planejamento estratégico. Se a Paraíba tivesse, saberíamos o que queríamos e para onde apontar. Fazer obras não é fazer planejamento estratégico. Aqui tudo é feito de improviso. Uma hora a prioridade é a Transnordestina, outra hora é o Porto de Cabedelo e outra hora é outra coisa. Falta a unidade política que acredito que estamos construindo agora. Mas, ainda está faltando o governador, precisamos de sua liderança para encabeçar a delegação”, contou.  

Comentar

By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.